Skip links

Luta constante em defesa do varejo

Editorial: Presidente da CDL Sapiranga, Clarice Strassburger

A pandemia do coronavírus provoca há mais de quatro meses enorme preocupação com a saúde de toda a população, mas inerente a tudo que vem sendo feito há o temor pela sobrevivência dos negócios e emprego de milhares de pessoas no comércio de nossa cidade. Neste momento de embate constante, é fundamental esclarecer nosso papel como Câmara de Dirigentes Lojistas e os limites que enfrentamos diante desse desafiador cenário.

Somos uma entidade representativa do movimento lojista em nosso município. Porém, o enquadramento que temos como CDL não nos permite determinar a abertura ou fechamento das lojas cabendo essa responsabilidade aos órgãos competentes no âmbito municipal ou estadual. A nossa vontade é que as lojas possam funcionar, uma vez que já tivemos experiência mostrando que todos estabelecimentos esforçaram-se em cumprir os protocolos de saúde e segurança sanitária com rigor.

Nos compete, sim, estarmos mobilizados e atuantes para que os líderes políticos possam ouvir nossos anseios. Nesse aspecto, estamos verdadeiramente orgulhosos de tudo que fizemos até agora. Foram incontáveis encontros com prefeita do município, Corinha Molling, que demonstrou sempre apoio em nossas ações, mesmo diante da incapacidade de algumas tomadas de decisão por conta de decretos estaduais que acabaram se sobrepondo ao que o município desejava. Recebemos o retorno do Governo do Estado por duas vezes que nos manifestamos de forma direta e apesar de não ter sido possível o sucesso em nosso pleito, mostra que estamos sendo ouvidos.

Seguiremos nessa batalha para que possamos superar esse momento junto com nossos associados. Que dias melhores virão e possamos desfrutar de nosso trabalho proporcionando uma vida melhor para todos.

Presidente da CDL Sapiranga, Clarice Strassburger

Escreva um Comentário