Skip links

Frio fez crescer movimento no comércio em Sapiranga

A característica do clima desse ano que demorou para ter as temperaturas mais baixas, fez com que o comércio ficasse apreensivo, especialmente os segmentos de roupas e calçados. Porém, quando o frio chegou, a procura foi intensa. A estimativa da CDL Sapiranga é que em itens específicos relacionados ao frio, como roupas, calçados e casacos grossos, as vendas tenham duplicado nas últimas semanas.

– Houve muita gente que acabou protelando a compra especialmente de roupas. Enquanto o frio não aparecia de forma intensa, eram poucos clientes que compravam antecipadamente. Especialmente peças mais pesadas e casacos passaram a ser buscados, mas apenas com a chegada do frio de forma mais forte – afirma a diretora secretária da CDL Sapiranga, Elione Porscher.

Em relação a opção de pagamento, os comerciantes também observam uma característica diferente do período de verão.

– De um modo geral no comércio, o que sentimos, também, foi uma procura grande na venda parcelada. Por ter um valor agregado maior, isso acaba acontecendo com mais frequência nessa época do que no verão porque as roupas de frio possuem um valor agregado maior – completa.

Os itens mais buscados nos últimos dias foram roupas de lã, casacos mais grossos, mantas e botas.

Escreva um Comentário